AMOXICILINA

A Amoxicilina é um medicamento bastante utilizado atualmente no tratamento de diversos problemas. Apesar de sua popularidade, porém, muita gente ainda guarda consigo uma série de dúvidas relacionadas ao seu uso, composição, contraindicação e efeitos colaterais, se a Amoxicilina é anti inflamatório, dentre outras.

Sabendo disso, portanto, buscamos esclarecer as principais dúvidas nesse sentido utilizando como base a bula do produto, bem como informações disponíveis em portais especializados na internet. Vamos às informações.

O que é Amoxicilina?

Pertencente à família dos antibióticos penicilânico, a Amoxicilina é o princípio ativo por trás de diversos medicamentos normalmente encontrados em farmácias. Sua versão mais conhecida talvez seja a do laboratório Medley, disponível em cápsulas de 500 mg e com embalagens de 15, 21 ou 30 cápsulas.

Amoxilina

Apesar disso, ele também pode ser encontrado em farmácias em caixas genéricas e em posologias que variam entre 250 mg e 500 mg. Entre os nomes comerciais encontrados para esses medicamentos, estão:

  • Amoxil;
  • Amoxína;
  • Amoxifar;
  • Amoximed.

Vale destacar ainda que, por se tratar de um antibiótico, o produto só pode ser comercializado mediante prescrição médica.

Para que serve?

AMOXICILINANormalmente utilizada no combate a diferentes tipos de bactérias, a Amoxicilina tem seu uso mais comum direcionado a problemas como infecções nas vias respiratórias, urinárias, cutâneas ou até mesmo nas mucosas.

Maiores informações nesse sentido podem ser proporcionadas tanto pela amoxicilina bula, que por sua vez deve acompanhar o remédio, quanto pelo médico responsável pela prescrição do mesmo. É importante destacar ainda que, pode fazer parte da lista de doenças tratáveis com Amoxicilina, a critério do médico, problemas como:

  • Amigdalite;
  • Candidíase vaginal;
  • Clamídia na gravidez;
  • Cistite;
  • Faringite;
  • Gastrite de procedência infecciosa;
  • Infecção no ouvido;
  • Infecções genitais em geral;
  • Pé diabético;
  • Pneumonia;
  • Rinite alérgica em estágio avançado; e
  • Sinusite crônica.

Em todo caso, porém, é possível que o médico receite o medicamento visando o tratamento de outros casos, incluindo, mas não limitando-se àqueles em que surgem enfermidades causadas por germes sensíveis à ação do princípio ativo.

Existe contraindicação?

AMOXICILINAPor se tratar de um medicamento penicilínico, seu uso é contraindicado a pacientes que possuem alergia a elementos da fórmula, bem como à própria Amoxicilina 250mg.

Dito isso, pacientes que já experimentaram algum tipo de alergia (como erupções cutâneas) em relação a esse ou outro antibiótico penicilínico e similares, chamados de cefalosporinas, devem comunicar a situação ao médico para que este indique o melhor caminho a seguir, o que na maioria das vezes implica não no uso e consequente alteração na prescrição.

A lista de pacientes que pode não ter o uso da Amoxicilina indicado, pode incluir:

  • Hipersensíveis a antibióticos em geral;
  • Hipersensíveis ao grupo de beta-lactâmicos;
  • Pacientes com insuficiência renal.

Nesse último caso, vale dizer que a critério médico, o paciente pode ter o uso do medicamento recomendado, mas as cautelas nessas eventualidades tendem a ser redobradas.

É importante ressaltar ainda que, existem casos em que não há uma alergia claramente perceptível ao medicamento, mas o paciente pode apresentar uma certa intolerância aos componentes da fórmula, o que pode resultar em sintomas desagradáveis, que também devem ser comunicados ao médico.

De acordo com as informações disponíveis em portais especializados no assunto, não existe relação clara de contraindicação ao uso do medicamento durante a gravidez ou amamentação, no entanto, como parte do antibiótico tende a compor o leite materno, alguns cuidados podem ser requeridos, por isso o ideal é comunicar o médico nessas circunstâncias.

Como tomar a Amoxicilina?

AMOXICILINAA Amoxicilina pode ser encontrada nas farmácias tanto em versão xarope quanto em cápsulas. A bula que acompanha o produto deve trazer todas as informações relativas ao uso do mesmo, além disso, o médico (ou até o farmacêutico), tende a destacar essa informação no momento da prescrição (ou compra).

Todavia, o mais comum é que o medicamento tenha, em sua versão cápsula Amoxilina 500 mg, uma unidade ingerida a cada 8 horas. Outra situação comum é o uso da versão Amoxicilina com clavulanato de potássio, onde a ingestão costuma ocorrer a cada 12 horas.

Quais os efeitos colaterais?

AMOXICILINAO consumo de qualquer antibiótico normalmente está sujeito a efeitos colaterais, e com a Amoxicilina isso não é diferente. Segundo informações, a própria Anvisa estima que cerca de 3% dos pacientes que utilizam o medicamento tenham relatado algum tipo de problema. O número é considerado baixo, no entanto, comprova que o uso pode sim trazer eventuais problemas.

Entre os efeitos colaterais mais comuns, estão alguns sintomas considerados de baixa gravidade, tais como:

  • Cólicas;
  • Diarréias;
  • Náuseas;
  • Urticárias.

É possível, no entanto, que pacientes também experimentem problemas mais agudos, como candidíase vaginal, ansiedade, insônia, confusão mental e até vertigem.

Qual o preço da Amoxicilina?

De modo geral, o Amoxicilina preço pode variar dependendo da versão do medicamento e do laboratório responsável por sua fabricação. Além disso, também é possível que o valor mude de uma região para outra ao redor do país e também de uma rede de farmácias pra outra.

É possível destacar, no entanto, que na versão com ou sem clavulanato, a Amoxicilina não costuma custar caro, com seu preço podendo variar de R$ 10 a R$ 80 em suas diferentes versões.

Este artigo foi útil?

AMOXICILINADiante do que foi dito, concluímos que a Amoxicilina segue como um medicamento comum no meio farmacêutico e que pode ser facilmente encontrado ao redor do país sempre que solicitado por um médico ou profissional da saúde.

Esperamos ter esclarecido todas as dúvidas a respeito do produto, mas ressaltamos que se você tiver algo a considerar ou acrescentar sobre o assunto pode ficar à vontade para nos enviar uma mensagem.

Por fim, destacamos aqui que esse é um conteúdo meramente informativo e que não tem por objetivo incentivar o uso do medicamento sem prescrição e/ou acompanhamento médico. Dito isso, esse veículo não se responsabiliza por um eventual uso indevido do medicamento, seja com ou sem a devida recomendação de um profissional da saúde. Todos os dados apresentados.

Avalie este artigo:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

AMOXICILINA

Deixe seu comentário