Loja Marombeiro Fiel

ANTIDEPRESSIVOS

A depressão é considerada uma grave doença, decorrente de diversos fatores, podendo atingir pessoas de qualquer idade, classe social e gênero. O seu diagnostico na maioria das vezes é complicado e o tratamento é realizado com a utilização de antidepressivos. Existem diversos medicamentos do tipo, com substâncias especificas para combater o problema.

Em muitos casos, a falta de informação aos pacientes resulta em um tratamento inadequado, ou até mesmo a ausência dele para pessoas que necessitam. Alguns familiares ficam preocupados com o antidepressivos mecanismo de ação, por não conhecerem sua verdadeira importância. São medicamentos testados e cientificamente aprovados, garantindo a segurança do usuário.

Segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), a população brasileira é a mais deprimida da América Latina. Em 2016 foram vendidas mais de 61 mil unidades de antidepressivos no país. O grupo que mais consome envolve as mulheres com idades superiores aos 50 anos. Além disso, corresponde a 6% das vendas de medicamentos para o sistema nervoso.

O que são antidepressivos?

Os antidepressivos modernos são medicamentos com a função de estabilizar o sistema nervoso central, recuperando o humor de quem está deprimido. Uma pessoa depressiva está em profundo estado de tristeza, angustia, desinteresse pela situação, desmotivação, falta de energia, tem alterações no sono e outros sintomas. A depressão é considerada uma doença grave e deve ser tratada assim que descoberta.

Antidepressivos

Além disso, eles também servem para o tratamento de outros problemas, como transtornos alimentares, disfunção erétil, dor crônica e mal de Parkinson. Existem diversos medicamentos do tipo e dificilmente as pessoas se adaptam ao primeiro que consomem. Antidepressivos naturais jamais devem ser consumidos sem a indicação de um médico.

Antidepressivos inibidores

AntidepressivosAntidepressivos são medicamentos indicados para o tratamento de distúrbios psicológicos, sendo que alguns deles podem inclusive contribuir para a perda de peso. Os nomes de antidepressivos que emagrecem são: paroxetina, escitalopram, citalopram e fluoxetina. Eles agem principalmente na serotonina, causando a melhora de humor nos pacientes. Os efeitos demoram duas semanas para aparecer, e chegam ao máximo em até dois meses.

Os inibidores não são recomendados para pessoas com menos de 24 anos, pois ampliam o pensamento de suicídio. A utilização desse tipo de medicamentos pode levar a sangramentos. De modo geral, esse tipo de medicamento impede a vontade de comer, gerando o emagrecimento. Também controlam a ansiedade, colaborando para a saúde.

Antidepressivos tricíclicos

A classe de antidepressivos tricíclicos tem esse nome por possuir três anéis de carbono em sua composição química. Eles são responsáveis pela noradrenalina, bloqueando a recepção de aminas terminais nervosas. É destinado principalmente para melhorar as questões emocionais, normalmente os efeitos aparecem após 15 dias de utilização. O usuário pode apresentar intoxicação caso consuma mais do que 500 mg/dia.

Antidepressivos

Conta com efeitos anticolinérgicos, onde a pessoa fica com a boca seca, visão turva, constipação, retenção urinária e confusão mental. Muitos pacientes acabam rejeitando esse tipo de medicamento devido aos sintomas. Também podem surgir outros problemas, como tremores, insônia e danos cardiovasculares, além do ganho de peso e distúrbios sexuais.

Antidepressivos IMAO

Os antidepressivos inibidores da monoamina oxidase (IMAO) foram os primeiros medicamentos dessa classe a serem descobertos, sendo prescritos desde a década de 1970. Eles causam alguns efeitos colaterais graves, como hipotensão ortostática, insônia e ganho elevado de peso. É considerada uma droga segurada para o tratamento da depressão.

Antidepressivos

Quem utiliza antidepressivos IMAO não deve consumir alimentos ricos em tiramina, envelhecidos, podres ou secos. Entre eles, queijos, iogurtes e sorvetes de leite fresco. Salames, mortadelas, também devem ser evitados, pois são industrializados. Cascas de banana, abacate, vagem e soja possuem grandes concentrações de tiramina. Derivados desses alimentos devem ser deixados de lado.

Os antidepressivos trazem efeitos colaterais?

AntidepressivosEles são medicamentos que não tratam o surgimento da depressão, e sim de seus sintomas. Normalmente os médicos indicam um antidepressivo de acordo com as características do paciente, pensando em evitar antidepressivos efeitos colaterais. Entre eles, o mais percebido é a redução da libido, causada por praticamente todos os medicamentos do tipo.

Os antidepressivos ajudam em momentos delicados da vida, mas não fazem milagre. Por um lado, eles ajudam a melhorar o humor, fazendo a pessoa despertar novamente para a vida, pelo outro a redução da libido dificulta as relações amorosas, pela falta de vontade para o sexo, incluindo homens e mulheres.

Antidepressivos e disfunção erétil

AntidepressivosUma das funções que eles possuem é melhorar as questões sexuais. O medicamento tem substâncias que auxiliam contra a ejaculação precoce e também reduz a libido. A depressão por si só pode causar problemas do tipo, então os antidepressivos auxiliam aumentando os orgasmos, por elevar as atividades das áreas noradrenérgicas simpáticas.

Por outro lado, entre 30% e 70% dos pacientes que utilizam esse tipo de medicamento relatam ter enfrentado disfunção sexual. O sintoma da depressão mais comum é a dificuldade para atingir o orgasmo, outra reclamação são as ereções espontâneas e também priapismo do clitóris. Um dos antidepressivos que menos atingem questões sexuais é o bupropiona.

Como consumir os antidepressivos?

AntidepressivosOs médicos recomendam iniciar a utilização desse tipo de medicamento aos poucos. Normalmente os primeiros resultados antidepressivos começam a aparecer após 15 dias de uso. Os resultados podem levar até oito semanas para aparecerem. Também é importante ficar atento ao horário de utilização, que são variados.

A Amitriptilina, Trazodona e o Mirtazapina devem ser à consumidos a noite, enquanto a Sertralina, Fluoxetina e a Venlafaxina, devem ser ingeridos durante a manhã ou à tarde, pois tira o sono. A indicação de horário para consumo será dada pelo médico e deve ser seguida à risca.

Os antidepressivos podem viciar?

AntidepressivosOs profissionais da saúde garantem que consumir antidepressivos não causam vícios. Mesmo que o paciente precise manter a medicação durante um longo período de tempo, não irá correr esse risco. A venda de antidepressivos é controlada de maneira semelhante a medicamentos que viciam, passando essa falsa impressão.

Os remédios que causam dependência agem em neurotransmissores, diferente dos antidepressivos, que atuam na redução das ações dos neurônios. Chamados de ansiolíticos, os medicamentos viciantes geram prazer ao usuário, semelhante ao álcool. Pessoas com depressão podem sofrer preconceito, mas não correm nenhum risco de ficarem viciadas em remédios. Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário logo abaixo!

Avalie este artigo:

Avaliação média: 4.66
Total de Votos: 32

ANTIDEPRESSIVOS

Deixe seu comentário