CASEÍNA

A caseína é uma proteína encontrada no leite de todos os mamíferos, incluindo os humanos. Ela é muito rica em aminoácidos essenciais. Os aminoácidos essenciais são aqueles que o corpo humano não consegue sintetizar, mas são imprescindíveis para o seu funcionamento.

Podemos encontrar a caseína em sua forma natural, chamada de micelar ou hidrolisada, aquela que já foi alterada para haver uma maior concentração da proteína. Este último tipo de caseína é um pouco mais cara e muito utilizada para fins estéticos.

» CASEÍNA

CaseínaA caseína também pode ser naturalmente encontrada em leite, sorvetes, creme de leite, manteigas e queijos. Apesar de ser uma proteína, rica em aminoácidos essenciais, ela não pode ser ingerida por qualquer pessoa. Existem certos grupos de indivíduos que não devem fazer uso da caseína.

Se você é alérgico ao leite, saiba que o que te causa a crise alérgica não é o líquido branco que tanto teme, e sim a caseína ou whey protein contidos nele. Alergias ao leite se manifestam na infância, mas em casos raríssimos podem ocorrer na idade adulta.

É possível uma criança alérgica ao leite chegar a idade adulta e ser uma pessoal saudável em todos os sentidos? Crianças não precisam de leite? Não, elas não precisam. Crianças precisam de cálcio e essa necessidade pode ser suprida através de suplementos.

Pesquisas mostraram que indivíduos com TEA (Transtorno do Espectro Autista) possuem uma resposta imune anormal a proteína, por isso ela não deve ser ministrada a essas pessoas. Justamente porque o autismo ocorre em vários níveis e fisicamente não há indicações de que a criança possua um problema, pode acontecer dele não ter sido diagnosticado e a reação ao leite ocorrer sem que os pais percebam a correlação.

Se você se encaixa em algum dos grupos acima evite-os, se você quer uma fonte a mais para suplementar sua dieta utilize-os! Abaixo segue uma relação de alimentos com fonte de caseína naturais:

  • Manteiga;
  • Gordura de manteiga;
  • Soro de leite coalhado;
  • Queijo;
  • Leite condensado;
  • Creme de leite;
  • Queijo cottage;
  • Leite em pó;
  • Leite evaporado;
  • Leite de cabra;
  • Salsicha;
  • Malte;
  • Margarina de leite;
  • Linguiça;
  • Nata;
  • Sorvete;
  • Iogurte.

» BENEFÍCIOS

BenefíciosA caseína é uma ferramenta muito útil para a aquisição de massa magra. Rica em aminoácidos BCAAs (transportadores de nitrogênio que ajudam a produzir músculos) ela é muito usada para ganho e conservação da musculatura. A caseína também promove uma sensação de saciedade e é muito útil em ciclos de cutting.

Dê preferência em usar o suplemento quando o corpo entra em processo de catabolismo (perda de massa magra) em longos períodos de jejum, ou seja, enquanto dormimos. Por isso é bom ingerir a caseína antes de dormir. Ela pode ser diluída em chá, água e leite. Não deve ultrapassar a dosagem sugerida no rótulo.

» EFEITOS COLATERAIS

As proteínas do leite podem ser consideradas mais “comida” do que suplemento, mesmo assim alguns tipos de alimentos podem causar reações alérgicas ao nosso corpo. Apesar de ser uma proteína natural encontrada no leite, dois grupos de efeitos colaterais, em especial, necessitam ser informados. São eles:

  • Câncer:

Diversos estudos clínicos têm estabelecido uma ligação entre câncer e proteína animal em geral e recomendam uma dieta baseada em vegetais. Em 2004, o Professor Emeritus da Universidade de Cornell, Dr. T Colin Campbell escreveu um livro (The China Study) sobre suas pesquisas em proteínas onde estabelece uma relação direta de algumas proteínas animais com o câncer de mama e outros carcinomas, principalmente a caseína.

Campbell registrou o resultado de estudos feitos com ratos de laboratórios. Nesses estudos um grupo recebeu uma dieta a base de 20% de caseína enquanto outro grupo recebeu 5% da proteína. O primeiro grupo desenvolveu casos de carcinoma, o segundo não.

  • Problemas Respiratórios:

A caseína é uma forte substância formadora de muco. Existem 300 % a mais de caseína no leite de vaca (de onde é extraída a proteína vendida no mercado) do que no leite humano. Por causa desta grande quantidade, o aparelho respiratório pode ficar obstruído.

Os derivados do leite permanecem como grande vilão contra a sinusite crônica. Asma, bronquite, sinusite, resfriados, nariz escorrendo, infecções de ouvido e alergia são alguns dos efeitos colaterais comuns aos produtos lácteos. Curiosamente, em se tratando de proteínas do leite, a grande vilã no meio dos holofotes de críticas é a caseína, o whey passa livre de efeitos colaterais na opinião da maioria dos pesquisadores.

Avalie este artigo:

Avaliação média: 4.68
Total de Votos: 31

CASEÍNA

Deixe seu comentário